Carregando Idioma...

Funil de Vendas: o que é e quais são as etapas?

Funil de vendas é um conceito essencial para as estratégias de marketing digital. É a jornada de compra do seu cliente desde a primeira vontade de solucionar um problema até o fechamento do negócio. Como fazer corretamente?

Funil de Vendas: o que é e quais são as etapas?

Funil de vendas é um conceito essencial para as estratégias de marketing digital. É a jornada de compra do seu cliente desde a primeira vontade de solucionar um problema até o fechamento da aquisição.

Construir um bom funil de vendas demanda um bom conhecimento de quem são seus potenciais clientes e quais os principais problemas que eles enfrentam, para depois compreender que tipo de busca eles fazem na internet para solucionar esses percalços.

O funil de vendas mais utilizado é composto por três etapas: topo, meio e fundo, que correspondem aos estágios da jornada de compra do cliente, que guiam as estratégias de marketing e conteúdo.

Topo do Funil

O topo do funil é a etapa de descoberta, na qual o potencial cliente percebe que tem uma necessidade ou problema que não conhecia anteriormente.

O marketing de conteúdo é essencial para essa etapa, já que é a hora de informar o mais o cliente sobre o problema que ele está tendo através de materiais educativos, como eBooks, textos para blog e infográficos que podem ser acessados “em troca” do nome e e-mail, para incluir este cliente no funil. Os materiais devem ser mais amplos e menos específicos nessa etapa.

Meio do Funil

Quando um cliente está no meio do funil, quer dizer que ele está considerando resolver seus problemas ou suprir suas necessidades, mas ainda não sabe como fazer isso.

Nesta etapa, a estratégia deve priorizar o amadurecimento, oferecendo mais materiais que sejam um pouco mais diretos sobre as soluções que o potencial cliente busca, já começando lentamente a mostrar mais seu produto ou serviço.

Fundo de Funil

O fundo do funil é a decisão de compra por parte deste potencial cliente, após passar pelas duas outras etapas. Um cliente no fundo está disposto a buscar uma solução para seu problema.

É aí que entra uma estratégia mais direta: é a hora de vender o seu produto. A criação de conteúdo para o cliente já deve apresentar as soluções que o seu negócio oferece e amostras do quanto ele é qualificado e auxilia os consumidores.

Nesse momento, já está bem claro que esse lead pode efetivamente se tornar um cliente, então é hora da equipe de vendas “partir para o ataque” e abordar essas pessoas.

E depois?

Quando o cliente efetiva a compra é tudo lindo, e a equipe de pós-venda tem um novo trabalho. Mas quando se percorre todo esse caminho e não se efetiva uma venda?

Neste caso, o remarketing pode te ajudar a retomar este contato com o interessado. Vale tudo o que estiver ao alcance para fechar com mais um cliente e fazer com que ele se sinta prestigiado e valorizado pelo seu negócio.

Crie sua plataforma de ensino online

Gerenciamento e venda de cursos, assinaturas e downloads digitais. O seu conteúdo, no seu próprio site.

Quero Começar Agora

Publicações Relacionadas

Vantagens de uma plataforma EaD personalizável

O uso do lançamento digital para criadores de conteúdos

Como estruturar seu manual de marca

A importância do manual de marca para sua plataforma EaD

Precificando seu curso EaD

O que é o Facebook Ads e por que utilizá-lo?

Uma plataforma para chamar de SUA

Toda a tecnologia que você precisa para criar
o seu negócio online está aqui!